Entenda os tipos de vidro de segurança

Os vidros são procurados na construção por diversos motivos. É um material que pode oferecer ao ambiente luminosidade, controle acústico e sofisticação. Sabemos também que o vidro é um material que gera alguns medos em relação ao risco de quebra e acidentes cortantes. Por isso hoje vamos focar nos tipos de vidros de segurança, e suas principais aplicações.

Vamos começar entendendo o que é o Vidro Float

O vidro float, ou também conhecido como vidro comum, será a matéria-prima para vários tipos de vidro.

A composição básica do vidro é formada por uma mistura de sílica (areia), potássio, alumina, sódio, magnésio e cálcio. Ele pode ser utilizado em janelas, portas e móveis, é mais barato, mas é mais facilmente quebrável. Portanto, ainda não é o ideal para quem busca uma segurança maior.

Os vidros conhecidos como vidros de segurança são: laminado, temperado e aramado. Vidro de segurança é definido como um vidro plano cujo processo de fabricação reduz o risco de ferimentos em caso de quebra. Conheça agora um pouco sobre cada um deles:

Vidro Laminado

É formado por duas camadas de vidro comum com uma película ultra-fina entre elas.

Costuma ser feita de resina ou de PVB, pois quando o vidro quebra, os cacos ficam presos na película e assim, evita acidentes.

Além da segurança, a laminação da película também oferece controle acústico, e proteção contra luz UV, trazendo ainda mais vantagens para o consumidor.

O vidro laminado varia de 6000x3210mm, isso possibilita a instalação em ambientes que necessitam de mais resistência como fachadas, varandas, guarda-corpos, entre outros.

Outra vantagem encontrada nesse tipo de vidro é a parte estética, pois possui diversas cores, o que pode contar mais um ponto para quem também pretende deixar o ambiente mais colorido.

Vidro Temperado

O vidro temperado também é feito a partir do vidro comum (float) e recebe um tratamento térmico (é aquecido e resfriado rapidamente) que o torna mais rígido e mais resistente à quebra. Devido a este processo, os cortes devem ser feitos antes da têmpera.

Ele se torna 5 vezes mais resistente que o vidro comum. E em caso de quebra produz pontas e bordas menos cortantes, fragmentando-se em pequenos pedaços arredondados.

Vidro aramado

Ao contrário do temperado e do laminado, o aramado ganha suas propriedades ainda no processo de fabricação, ou seja, não são feitos a partir do vidro float. Antes de a chapa tornar-se sólida, logo após sair do forno de fusão, ela recebe uma malha de aço no interior de sua massa. Por ser um tipo de vidro impresso, apresenta-se como uma solução interessante para a área de arquitetura e design de interiores.

O aramado é um impresso translúcido que possui uma rede metálica de malha quadriculada incorporada à sua massa. Ela segura os estilhaços de vidro caso haja rompimento da placa, reduzindo os riscos de ferimentos no momento da quebra e deixando o vão indevassável até sua substituição.

Esse vidro também oferece privacidade e estética aos projetos, ampliando o conceito de iluminação e requinte.

E aí? Interessado em nos serviços de vidraçaria?

Encontre ótimos profissionais no iObras.com e contrate também com segurança.

Pague dentro da plataforma, o profissional só recebe após o 30° dia do pagamento. Não executou? Solicite estorno. Aqui a segurança é total para seu bem estar.

Entre já em contato como a equipe do iObras.com.

Precisou? No iObras.com encontrou!

www.iobras.com

Siga nosso Instagram:

https://www.instagram.com/iobraspontocom/

0 likes
Compartilhe: